A Origem da Música Gospel

coluna_editores2

Olá Galera conectada à rádio Só Boas Novas!
Começa agora o programa Ao Redor da Música, com Yuri Rosembaum.

Este é o nosso primeiro programa e desde já convido você a participar conosco deixando suas primeiras impressões no email contato@soboasnovas.com.br. Queremos ouvir você!

A idéia deste programa é realmente fazer você viajar pela diversidade da Música Gospel!

Como tudo tem o seu pontapé inicial, hoje começaremos a contar um pouco sobre a origem da Música Gospel, suas principais influencias e as musicas que foram os símbolos desse nascimento!

Quando falamos o termo “Musica Gospel” (lembrando que gospel pode ser traduzido como “evangelho” ou “evangélico”), não podemos deixar de citar a sua principal essência – a Música Cristã Negra nos Estados Unidos.

Vindo do início do século 17, a música gospel vem de uma tradição oral, utilizando muitas repetições. Essa era uma estratégia para que várias pessoas pudessem participar de um louvor, mesmo aquelas que não sabiam ler.

Então, para começarmos, vou deixar uma música que é um dos maiores ícones da música gospel internacional, Amazing Grace:

A música que vocês acabaram de escutar foi Amazing Grace, escrita por John Newton, em 1779. O autor inglês era um áspero marinheiro de um navio negreiro e teve sua conversão em uma severa tempestade no meio do mar, na qual ele rogou pela misericórdia de Deus para que seu navio não naufragasse.

Há uma estimativa que essa música seja tocada cerca de 10 milhões de vezes ao ano e cerca de 7 mil versões diferentes do hino já foram gravadas.

Então voltemos à nossa história. No contexto de escravidão dos negros, os seus senhores os obrigavam a frequentar os cultos regularmente e este fato ajudou os escravos a terem um melhor entendimento sobre a doutrina cristã, principalmente pelas músicas que eram cantadas durante os serviços.

Como a maioria das igrejas não tinham instrumentos a serem tocados, a maioria das músicas eram cantadas apenas utilizando as vozes, estilo que é conhecido como acapella.

A primeira vez que o termo “música gospel” apareceu foi na coletânea de músicas “gospel songs” de philip bliss em 1874. A publicação inaugurou um novo estilo para as músicas congregacionais, com uma maneira mais simples de se cantar do que os hinos tradicionais, influenciando um movimento de reavivamento em massa do músicos cristão pentecostais.

Para você sentir a atmosfera da época, vou deixar com vocês agora a música “Roll River Jordan”, interpretada pelo grupo SkyLarks, um quarteto formado em 1949 in Nashiville, EUA. “Corra Rio Jordão”.

http://www.youtube.com/watch?v=jLP5_Ge4WAM

A música Roll Jordan Roll que vocês acabaram de ouvir foi composta por volta de 1872 no Tennessee por um grupo chamado Jubille Singers, da Fisk University. O interessante é que este grupo foi formado por ex-escravos africanos que a faculdade havia contratado.

Nossa história continua. Já no início do Século XX, com o advento do rádio, a música gospel começou a aumentar ainda mais a sua popularidade nas casas americanas. Juntamente neste contexto, o movimento Pentecostal ajudou a influenciar diversos músicos, como os renomados Elvis Presley e Jerry Lee Lewis.

Elvis Presley, que é chamado de o “Rei do Rock” foi altamente influenciado pela música gospel, principalmente pelo fato de sua família ter frequentado A igreja Assembleia de Deus desde os seus primeiros anos.

A mãe de Elvis chegou a revelar que quando ele tinha dois anos, ele fugiu de seu colo durante o culto e foi para onde o coral estava cantando e assim tentar cantar com eles.

Assim, fiquem com a versão de Elvis Presley do hino “Tocou-me”.

Você acabou de ouvir a Música “He Touched Me”, na voz de Elvis Presley, cuja influência da música gospel foi marcante na sua carreira. Ele aprendeu a tocar violão com o pastor de usa igreja local.

Outra personalidade que não podemos deixar de citar é Mahalia Jackson. Mahalia, que chegou a ser citada como a “Rainha do Gospel”, se tornou uma das maiores influencias aos cantores gospel no mundo inteiro. Nascida em 1911 em New Orleans, gravou 30 albuns ao longo de sua carreira e chegou a vender 12 milhões de cópias, um número extremamente alto para a época.

Jackson uma vez declarou “Eu canto a música de Deus porque ela me faz me sentir livre. Ela me dá esperança”.

Querem uma palinha? Segue a versão de “Josué na Batalha de Jericó”, em um concerto em Londres, no ano de 1964.

Acabamos de Ouvir “Joshua Fit the Battle of Jericho” por Mahalia Jackson.

Ela que foi a primeira cantora Gospel a ganhar um Grammy, teve sua voz definida por seus amigo íntimo, Martin Luther King Jr. “Uma voz como essa não aparece uma vez a cada século, mas sim a cada milênio”.

Após a Segunda Guerra Mundial, as música gospel começou a se mover a auditores maiores e melhores e os concertos começaram a ficar cada vez mais elaborados. Casas de Concertos como Carnegie Hall e Madison Square Garden começaram a receber festivais de música gospel. E daí para frente, não parou mais, chegando a mover não só a indústria da música, mas como a própria indústria cinematográfica.

Quem nunca assistiu o famoso “Mudança de Hábito” com a atriz Whoopi Goldberg?

Vou deixar pra vocês a última música do segundo filme, “Joyful, Joyful”.

Essa foi a música Joyful, Joyful do filme Mudança de Hábito.

E assim a música Gospel não parou de crescer e hoje em dia tem atraídos a atenção do mundo inteiro com inúmeros talentos que não param de aparecer.

Infelizmente, por hoje é só!

Mas fiquem tranquilos: apertem os cintos, pois nossa viagem pela música gospel acaba de começar!

Não esqueça de deixar seu recado no contato@soboasnovas.com.br, e fale do que achou e fale o que você quer ouvir nos próximos programas…

Por Falar nisso, não perca o próximo programa, falando sobre uma das vertentes da musica gospel, o canto Acapella!

Por hoje é só. Até a próxima.

 
 

Download

2
  

Comments are closed.


   
Powered by Datahouse